Atendimento: Segunda a Sexta das 8h às 18h

Plantão de Emergência: 24 horas

Fone: (11) 2084-9100

Plantão 24 horas: (11) 2911-6481

Whatsapp

(11) 99800-0567

Mês: maio 2017

Produtos Circutor

PRODUTOS CIRCUTOR

AR5I

Analisador portátil de redes elétricas AR5L.

  • · Faixa de medição de tensão: 0 ~ 500V F-N e 0 ~ 866V F-F.
    · Faixa de medição de corrente de 50mA a 20KA efetuados com diferentes clamps de corrente: Clamp de 5A, 100 A, 500 A, 200/2000 A e Flexível 200/2000/20KA.
    · Exatidão básica de 0,5%
    · Escala automática
    · Medição de corrente de neutro
    · Relógio interno
    · Display gráfico 160 x 160 pixels ( backlight)
    · Bateria interna recarregável com autonomia de 8 a 10 horas
    · Carregador de bateria alimentação e carregamento simultâneo
    · Comunicação serial RS232 para download da memória
    · Acompanha software de análise Power Vision
    Medição com registro em memória de:
    · Tensão
    · Corrente
    · Potência ativa (por fase e total)
    · Potência reativa capacitiva e indutiva (por fase e total)
    · Potência aparente total
    · Fator de potência (por fase e total)
    · Freqüência
    · Energia ativa e reativa (indutiva e capacitiva)
    · Distorção harmônica total (THD) de tensão e corrente
    · Espectro harmônico até a 50ª ordem (pares e ímpares)
    · Perturbações , deformações na forma de onda, registro
    oscilográfico das 3 tensões com capacidade de até 1000 ms por evento. ( módulo distúrbios ).
    · Flicker. ( módulo flicker )
    · Estudo de partida de motores : Registro de tensão, corrente, potência ativa e reativa, fator de potência e freqüência em intervalos de aprox. 50 ms ( módulo fast-check ).

AR6

Analisador de Energia portátil.

O AR6 é um analisador portátil para medição de parâmetros de rede elétrica. É a versão mais recente da série de analisador portátil CIRCUTOR S.A. AR 4 e 5 do AR.
É um instrumento de medição digital que utiliza amostras de ondas de tensão e corrente e calcula a tensão eficaz e valores atuais com uma TMP específica média de tempo. Ele inclui uma memória interna de 1 GB para armazenar os dados registrados em diferentes instalações medidas.

C80

Analisador portátil de redes elétricas C80.

  • · Faixa de medição de tensão: 0 a 550V
    · Faixa de medição de corrente de 75mA a 20kA efetuados com diferentes clamps de corrente: Clamp de 5A, 100 A, 500 A, 200/2000 A e flexível 200/2000/20kA
    · Alimentação: 2 pilhas AA 1,5V
    · Autonomia das pilhas aprox. 200 horas
    · Cálculo automático do banco de capacitores
    · Registro : memória circular aprox. 96 páginas
    · Display de 3 linhas x 4 dígitos retroiluminado
    · Leve e robustoVariáveis medidas: 
    · Tensão
    · Corrente
    · Potência ativa
    · Potência reativa indutiva e capacitiva
    · Sentido de rotação de fase
    · Fator de potência
    · Freqüência
    · Cos f
    · THD% de tensão e corrente
    · Demanda
    · Energia ativa
    · Energia reativa indutiva e capacitiva

COMPUTER MAX

Computer Max.

Atendem integralmente as normas EN61010, EN61000-3-2, EN61000-3-3, EN50081-2, EN50082-1, EN50082-2, EN61000-4-2, EN61000-4-4, EN61000-4-8, EN61000-4-11, UL 94, sendo dimensionado a sua necessidade e possuem ainda display de cristal líquido que possibilita a visualização e parametrização, além da indicação dos relés conectados. Inclui sistema exclusivo sistema de conexão FCP, que verifica o estado em que se encontra a rede e toma decisões rápidas sobre a melhor manobra de capacitores a ser realizada, para manter a rede com um fator de potência equivalente ao programado, proporcionando, menor tempo na correção total do fator de potência, e ainda um aumento na vida útil dos capacitores e principalmente dos contatores que são poupados já que efetuam um menor número de manobras.

Produtos WEG

PRODUTOS LINHA WEG

CONTROLADORES

Controladores automáticos do Fator de Potência.

Equipamento microprocessado para controle do fator de potência. Dispõe de medições de tensão, corrente, fator de potência, potência ativa, potência reativa, potência aparente, frequência e distorção harmônica de tensão.

Os controladores automáticos PFW01 são equipamentos microprocessados destinados ao controle do fator de potência de uma instalação elétrica.

RELÉS

Relés de tempo.

Os Relés temporizadores WEG RTW são dispositivos eletrônicos que   permitem, em função de tempos ajustados, comutar um sinal de saída de acordo com a sua função. Muito utilizados em automação de máquinas e processos industriais como partidas de motores, quadros de comando, entre outros.

CONTATORES

Contatores para Manobra de Capacitores.

Desenvolvidos especialmente para manobra de capacitores para correção de fator de potência (categoria de emprego AC-6b). Possibilita o desempenho necessário para este tipo de aplicação.

Os contatores especiais WEG CWMC25,CWMC32, CWMC50 e CWMC65 foram desenvolvidos especialmente para manobra de capacitores para correção de fator de potência (categoria de emprego AC-6b). Sua utilização possibilita o desempenho necessário para este tipo de aplicação.

Termografia

Análise Termográfica

É o mais importante, preciso e seguro método de avaliação preventiva aplicado a componentes e instalações elétricas. A Termografia é a técnica que estende a visão humana através do espectro infravermelho. A vibração de campos elétricos e magnéticos que se propagam no espaço à velocidade da luz, gera uma onda eletromagnética e o conjunto dessas ondas forma o espectro eletromagnético a ser analisado. O Infravermelho é uma frequência eletromagnética naturalmente emitida por qualquer corpo com intensidade proporcional a sua temperatura.

Diagnóstico de Instalações

O diagnóstico de instalações elétricas tem por objetivo reduzir as perdas e melhorar a qualidade da energia elétrica das plantas industriais e comerciais. A termografia faz parte do processo de diagnóstico, sendo a forma mais eficaz de começar um estudo técnico sobre as condições apresentadas pelas instalações elétricas em uso.

termografia_anexo

Manutenção de média tensão

Plantão 24h

Plantão 24 horas

– O atendimento de emergência É realizado no prazo de até 4 horas da abertura do chamado caracterizado como emergência em média tensão.

– É disponibilizado corpo técnico preparado para efetuar reparos necessários às instalações elétricas de média tensão visando corrigir irregularidade dentro do menor prazo possível, após caracterização de uma situação de emergência ou urgência.

– São mantidos em estoque materiais de uso normal, que encontram-se em fabricação, de forma a permitir um atendimento imediato, através da reposição das peças ou equipamentos danificados.

– Em casos específicos onde os materiais não estejam em linha normal de fabricação, ou não houver a possibilidade de reparo imediato, são tomadas medidas que provisoriamente sejam capazes de restabelecer a energia elétrica.

Horário Comercial…..: (11)-2084-9100

Plantão Emergências: (11)-2911-6481

 

Manutenção de média tensão

Mercado Livre de Energia

O que é?

Mercado Livre, ou Ambiente de Contratação Livre (ACL) é o segmento do setor elétrico onde se realizam as operações de compra e venda de energia elétrica por meio de contratos bilaterais livremente negociados (condições, preços e volumes)  entre geradores, comercializadores, importadores e exportadores de energia e consumidores livres e especiais com a principal vantagem de obter um atendimento personalizado, conforme suas características de consumo, o que é impossível no mercado cativo.

O consumidor tem a possibilidade de traçar estratégias de contratação e escolher entre os diversos tipos de contratos, aquele que melhor atenda às suas expectativas de custo e benefício, podendo ter economias substanciais em relação ao mercado cativo.

A principal vantagem neste ambiente é a possibilidade de o consumidor escolher o seu próprio fornecedor de energia. Neste caso, a distribuidora continua sendo responsável pela entrega, qualidade e garantia do fornecimento.

  • O Consumidor paga à Distribuidora pelo serviço de entrega (“fio”) da energia.
  • O Consumidor paga ao Gerador/Comercializador o valor da energia contratada.
  • Os registros de energia são feitos na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, orgão do governo responsável pela contabilização e registros dos contratos de energia.

Quem pode participar (migrar)

Vantagens

Considerações

Manutenção de Média Tensão

Manutenção em Média Tensão

A Engelétrica Ind. Com. e Serv Elétricos Ltda. é uma empresa especializada em serviços de manutenção elétrica em subestações de média tensão (Cabines Primárias), classe 15/25kV. Atuamos com equipe própria e qualificada, todos os colaboradores são certificados NR 10, para execução das atividades, desde o diagnóstico até a correção de falhas. A Engeletrica mantém um programa contratual  de intervenções periódicas, planejadas e emergenciais, elaborado de forma a atender as condições especificas da instalação, levando em conta as condições ambientais, potências e criticidade da instalação.
Um plantão 24 horas está pronto para atender as mais diversas ocorrências e com isso nós da Engeletrica desenvolvemos um programa de manutenção preventiva e corretiva, com base nas diversas necessidades de seus clientes, buscando a excelência nos serviços prestados.

Serviços de manutenção 

Laudos SPDA

Laudo SPDA

O Laudo de inspeção do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas – SPDA é o documento técnico das inspeções e medições realizadas no Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas e no sistema de Aterramento Elétrico da empresa com a finalidade de verificar a conformidade com a Norma Técnica Brasileira ABNT NBR-5419 e a NR10. Vale ressaltar que a recomendação é de que tal estudo não seja mais efetuado como os terrômetros DC usuais, devido ao fato destes apresentarem um grande desvio entre resistência de aterramento e a real impedância de aterramento, esta sim, apresentada durante a falta ou descarga.


A recomendação corre para a utilização de alicates terrômetros tipo “scaners”, que aplicam um sinal alternado de varredura, verificando o real comportamento do sistema de aterramento quando se é inserido uma onda alternada, levantando-se assim, a impedância de aterramento, o que eleva a confiabilidade da medida consideravelmente. A NR10 estabelece a obrigatoriedade das empresas se municiarem de documento técnico que ateste a conformidade das suas instalações elétricas com as normas de segurança. (Item 10.2.4.b


As inspeções e ensaios para emissão deste laudo devem ser executados segundo os objetivos, métodos e periodicidade prescritos na norma da ABNT para a proteção das estruturas contra descargas atmosféricas (NBR 5419).

Outros Laudos: Laudo do ICMSLaudo Elétrico

Laudos ICMS

Laudos para Crédito de ICMS na Conta de Energia

A Lei Complementar 87/1996 permitia que as empresas comerciais e industriais utilizassem o crédito integral do ICMS destacado nas faturas de energia elétrica, no entanto, sua vigência foi até 31 de dezembro de 2000 e a partir desta data, passou a vigorar a Lei Complementar 102/2000. Com este texto legal em vigor, a utilização do crédito de ICMS restringiu-se a 3 hipóteses:

1) quando for objeto de operação de saída de energia elétrica

2) quando consumida no processo de industrialização;


3) quando seu consumo resultar em operação de saída ou prestação para o exterior, na proporção destas sobre as saídas ou prestações totais.


Para as demais hipóteses a utilização do crédito vem sendo constantemente postergada e atualmente a previsão é a de que seja possível a partir de 1º de janeiro de 2020, conforme determina a Lei Complementar 138/2010.


Assim, as empresas industriais que queiram se creditar do ICMS destacado nas notas fiscais de energia elétrica, terão que confeccionar um Laudo Técnico emitido por um perito para quantificar a energia elétrica consumida nos setores de industrialização. É possível buscar a retroatividade do crédito no período dos últimos 05 (cinco) anos e os valores apurados poderão ser compensados com débitos vincendos do ICMS, atentando-se às normas do regulamento estadual do Estado onde estiver situado o estabelecimento.


Outro fato importante que refere-se ao crédito de ICMS sobre as faturas de energia elétrica é a edição da Resolução nº 456, de 29 de novembro de 2000, da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica que tratou, dentre outras coisas, da demanda contratada.


As concessionárias de energia elétrica têm dois procedimentos distintos para procederem à cobrança da energia consumida. O primeiro quanto ao consumo (R$/KWh), onde é faturado o valor total da energia consumida dentro do ciclo de leitura discriminado na fatura de energia, e o segundo (R$/MW) onde é faturado o maior valor entre a Demanda Contratada e a Demanda Registrada e é neste caso que existe um ponto a destacar.


O fato é que os consumidores de energia elétrica, através da Demanda Contratada, estão pagando o imposto sem o seu efetivo consumo, vez que o ICMS somente deve incidir sobre o valor da energia elétrica efetivamente consumida (sobre os KWs registrados) e não sobre o valor da Demanda Contratada, posto que, neste caso, não ocorreu a hipótese de incidência prevista em lei para a exigência do tributo.


É importante salientar que em qualquer um dos casos relatados, não é passível de crédito o consumo de energia relacionado ao prédio em que estão localizadas as áreas de administração e vendas e ainda que o direito ao crédito é dado somente às empresas que não optaram pelo recolhimento simplificado do ICMS.


A Engelétrica além de fornecer o laudo, oferece aos seus clientes a possibilidade de consultar, imprimir e até mesmo proceder a apuração mês a mês através do site administrativo, bastando que o cliente possua login e senha.

Outros Laudos: Laudo SPDALaudo Elétrico

Laudo Elétrico

Laudos de Instalações Elétricas

É o termo utilizado para designar o Laudo Técnico das Instalações Elétricas. O Laudo elétrico é um tipo de laudo pericial que trata dos aspectos técnicos envolvidos numa instalação elétrica. O Laudo Elétrico é atualmente exigido no Brasil por diversas instância do poder público, por certificadoras e por companhias de seguro para atestar a conformidade das Instalações Elétricas residenciais, comerciais e industriais.



Alguns dos órgãos que podem exigir um Laudo Elétrico são: – Ministério do Trabalho e Emprego, através da sua norma regulamentadora NR-10 – Corpo de Bombeiros – Prefeitura Municipal – Certificadoras ISO 18000 – Seguradoras. O Laudo Elétrico deve ser emitido por um Engenherio Eletricista ou um Técnico em Eletrotécnica com base em inspeções e medições realizadas nas instalações elétricas, à luz dos requisitos estabelecidos pelas normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).



As normas mais comuns que devem ser objeto de confrontação são: NBR 5410, NBR 14039, NBR 5413, NBR 5419. Um Laudo Elétrico só tem validade legal se assinada por Engº Eletricista ou Técnico em Eletrotécnica registrado no CREA e houver o recolhimento de uma ART – Anotação de Responsabilidade Técnica junto ao [CREA] – Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. Como trata da Segurança que pode afetar a vida e o patrimônio das pessoas e empresas, apenas profissionais com larga experiência devem emitir um Laudo. Um Laudo Elétrico deve considerar os aspectos técnicos (conformidade com as normas técnicas), jurídicos (Leis e normas), de proteção contra incêndio e de segurança aos trabalhadores e usuários de eletricidade.

Outros Laudos: Laudo SPDALaudo ICMS